Preparando o Natal

Na solidão de um tempo…

Deixe um comentário

copia-de-img463-peq

I

Na solidão
de um tempo
que os homens ignoram
uma Criança espera.

Na espiral dos desejos vãos
uma Criança observa
o escoar das horas.

Frágil.

A sapiência humana despreza-a.
O tropel das paixões abafa-lhe a voz.

Na miragem do ter
a Verdade desvanece-se.

A intolerância e a ambição
semeiam a cegueira.

Surda
a canção da infância.

II

Menino-Saudade…
Para onde foi
o teu riso confiante
o teu olhar de transparência?
A mágoa de perder-te
infante
nos caminhos do tempo
e da ausência!

copia-de-img463-peq

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s